Translate


Um grande dilema entre as pessoas, uns acreditam que podem se apaixonar verdadeiramente, como um “amor à primeira vista”, outros, não acreditam, preferem acreditar na paixão ou no amor construído com o passar do tempo. Bem, creio que sentimento não é uma coisa controlável, que sentimos quando queremos ou quando bem entender. Paixão é um sentimento bastante intenso, desses de te deixar sem ação, sem conseguir agir com naturalidade perto da outra pessoa, é ardente de queimar por dentro e sentir-se sem fôlego. Do que seria o amor sem que a paixão antecedesse? A tranquilidade nos conforta, nos da segurança, mas do que é o sentimento sem ardor?



Bem, mas voltando ao eterno clichê, que se passando décadas não se altera. Por experiência própria, tenho uma opinião e um ponto de vista próprio, bastante inalterável. Há alguns anos, vivi (ou ainda vivo) o eterno clichê, em uma festa, através de amigos em comum, conheci alguém, mas bem por acaso mesmo, que já conhecia apenas de ver, raramente umas duas vezes, e nos falamos, e o que senti foi algo diferente, bem complexo de se descrever, uma mistura de sentimentos fortes e ternos, depois achei que não o encontraria mais, por talvez, ironia do destino, em menos de 24 horas nos encontramos novamente, e ao ficarmos, foi só a comprovação daquela minha sensação ao conhecê-lo, tão intenso quanto minha mistura de sensações, e em um mar imenso de histórias, quase três anos após, o que eu sinto é amor, amor antecedido de uma paixão que não se acaba e nem diminui, vivendo uma amizade um tanto, difícil. Enfim, uma história dando certo ou não, acham possível o sentimento ser intenso e verdadeiro, capaz  de permanecer forte e indestrutível, ao primeiro ver?



Um Comentário

  1. Acho possivel sim, quem mais se ilude com isso sou eu! O amor a primeira vista e sempre não correspondido :f

    ResponderExcluir